22 festivais de inovação e criatividade para você conhecer em 2022

Animados do lado de cá com a volta das viagens, montamos uma seleção com 22 festivais de inovação e criatividade em 2022 para você conhecer.

Nós adoramos esses festivais pois é lá que nos atualizamos, descobrimos tendências, oportunidades de negócios e aprendemos nos divertindo. 

Eles são hoje o que os cafés de Viena e Londres foram um dia: locais de ebulição cultural, de encontros importantes, de trocas de conhecimentos e informações sobre o futuro da sociedade.

Festivais de inovação e criatividade internacionais

  1. CES (EUA)

Chega a ser impressionante como a CES (Consumer Technology Association) consegue ser uma conferência tão abrangente para profissionais que dependem da tecnologia para melhorar a vida dos consumidores. Durante 4 dias, a capital dos jogos Las Vegas torna-se também a cidade dos visionários, apresentando soluções para indústrias que vão desde games e entretenimento até turismo e esportes. É comum haver novidades em robótica, startups, inteligência artificial, marketing, realidade virtual… além de temas atuais como 5G, drones e sustentabilidade. A ideia é trazer o futuro para o agora. 

Quando: Janeiro

  1. SXSW (EUA)

Estamos falando do maior evento de inovação do mundo ocidental. Esse é o pai de dezenas de outros festivais desse tipo. É na cidade de Austin, no Texas (também conhecida como a capital mundial da música ao vivo) que o SXSW impressiona com suas infinitas possibilidades de aprendizado, entretenimento, criatividade e magnitude: são 400 mil participantes ao longo de quase 10 dias, divididos em uma conferência (Interactive) e três festivais diferentes – Filmes, Música e Comédia.

O evento é tão desejado que a cidade bloqueia todos os hotéis para seus visitantes e até mesmo estrelas de Hollywood entram como speakers. Você pode buscar conhecimento de líderes de áreas diversas, como Barack Obama, Roger Waters, Elon Musk e Nile Rodgers, além de presenciar o futuro da tecnologia em feiras de negócios e casas com experiências das maiores marcas do mundo. 

Pausa pro merchan: frequentamos o SXSW desde 2012 e gostamos tanto desse festival que desde 2019 nós somos guias de grupos de viagens para lá. Se você quiser participar da próxima edição, estamos com vagas abertas aqui.

Quando: Março 

  1. RISE (Hong Kong)

16 mil participantes de mais de 100 países e cerca de 500 speakers entram em convergência nesta que é uma das maiores conferências de tecnologia da Ásia. Google, Spotify, Tinder e Lenovo são só algumas das marcas que participam do evento em Hong Kong. Terreno fértil para startups, jornalistas, empreendedores, investidores e outros tipos de profissionais que buscam inovação, a RISE é um destino asiático essencial.

Quando: Março

  1. Cannes Lions (França)

Nem só de filmes vive Cannes! Profissionais da comunicação almejam participar do Cannes Lions para se inspirar por algumas das mentes e marcas mais criativas do mundo. Storytelling, jornada do consumidor, ativismo, produção audiovisual, dados e experiência de marca são só alguns dos temas abordados no festival para todos os profissionais que têm em comum o objetivo de comunicar suas marcas e consolidar ideias de forma criativa, eficiente e que impacte o mundo positivamente.

Quando: Junho

  1. OZY Fest (EUA)

Debates políticos, shows de música,  e atos de comédia no mesmo lugar? É possível e é o que acontece no Ozy Fest, em Nova York. Em apenas um dia, e aproveitando o espaço do super cartão postal Central Park, o evento reúne artistas inovadores, líderes de negócios, políticos, escritores, estudantes, professores e mais, em um ambiente divertido o suficiente para você se sentir em casa, e rico o suficiente para sair de lá cheio de ideias. Dica: a newsletter semanal da Ozy é boa de seguir.

Quando: Julho 

  1. C2 (Canadá) 

Já imaginou fazer networking em uma mesa suspensa no ar ou curtir um intervalo assistindo uma apresentação do Cirque du Soleil? Esse é o tipo de situação que ocorre nesta conferência que, pelas palavras da própria organização, é “um lugar onde tudo pode – e vai – acontecer”. Inovação aqui não é apenas apoiada, é celebrada de maneiras estimulantes e disruptivas. Dividida em 10 macrotemas e 3 pilares (Aprendizado, Conexão e Experiência) a C2 incentiva um ambiente de criatividade, inspiração e colaboração entre profissionais e empreendedores.

Quando: Setembro 

  1. TechCrunch Disrupt (EUA)

Para startupeiros(as)(es) e fãs de tecnologia. Promovida pelo conhecido veículo de tecnologia TechCrunch, a Disrupt é uma conferência destinada a fundadores, investidores e profissionais de startups que estão moldando o futuro da tecnologia. Por acontecer na cidade de São Francisco, pode esperar a presença de uma galera do Vale do Silício, vinda de empresas como Uber e Salesforce, e até estrelas internacionais como o Elon Musk, da Tesla, compartilhando seus insights inovadores. 

Quando: Outubro

  1. Fast Company Innovation Festival (EUA)

Se você é um profissional antenado às tendências atuais, muito provavelmente já consumiu algum conteúdo da Fast Company. Todo esse prestígio resultou em mais de seis edições do seu Innovation Festival, que reforça Nova Iorque como um hub mundial para mentes inovadoras. Sua última edição presencial reuniu mais de 80 trilhas temáticas (!), permitindo diferentes tipos de conexões ao longo de 5 dias – incluindo visitas exclusivas estilo backstage aos escritórios das empresas mais criativas da cidade. 

Quando: Outubro

  1. Ad:tech (Japão)

Tóquio, capital internacional da tecnologia, abriga a maior conferência de marketing da Ásia. Mais de 15 mil participantes pegam o embalo de tópicos como performance, mídias sociais, ferramentas, mobile, estratégias online, marketing integrado e advertisement. Mas o ad:tech vai além: você pode esperar a presença de marcas como Twitter, Amazon, IBM e Intel, alguns dos geeks mais bem-sucedidos do mundo apresentando tecnologias de inteligência artificial e várias start-ups compartilhando suas estratégias de sucesso. 

Quando: Outubro 

  1. House of Beautiful Business (Portugal)

Este evento faz parte da turma das experiências transformativas. É um convite a usar inovação e criatividade para reconectar-se com o seu lado mais humano, seja através das artes, da tecnologia e, claro, do networking. Aqui os movimentos e conexões precisam fazer sentido para levar a humanidade um passo à frente. Em um dos pólos criativos do mundo, Lisboa, a House of Beautiful Business vai te fazer pensar em como ter um negócio mais bonito por uma explosão de ideias durante 4 dias, em ambientes históricos e com pessoas tão curiosas por experiências quanto você.

Quando: Outubro

  1. Web Summit (Portugal)

Fundado em 2009 na Irlanda, mudou-se em 2016 para Portugal para sediar o evento até 2028. A Forbes disse que “o Web Summit é a maior conferência de tecnologia do mundo”. Bloomberg o chamou de “Davos para geeks”, e o The Guardian, “Glastonbury para geeks”. Por essência, o Web Summit é voltado para profissionais das indústrias tecnológicas, startups e empreendedores, mas o evento possui mais de 20 trilhas temáticas (ou tracks), cada uma batizada com uma identidade e nome próprio, como bairros da “cidade Web Summit”. É, junto com o SXSW, um dos festivais de inovação mais desejados pelos Brasileiros.

Quando: novembro

  1. Slush (Finlândia)

Em pouco mais de 10 anos, a Slush foi de um pequeno encontro de 300 pessoas para uma comunidade global de 25 mil. Muito além de um festival de inovação, é quase um “Tinder” para negócios, já que mais de 2 mil investidores aparecem por lá para conferir os projetos de mais das startups, além da possibilidade de se atualizar sobre as novidades tecnológicas, acompanhar hackatons e receber conhecimento de profissionais de marcas como Spotify, Eventbrite e Amazon. É a chance de crescer na carreira de maneira definitiva dentro de um dos mais lindos países nórdicos.

Quando: Dezembro (de 2021, a edição de 2022 ainda não foi divulgada) 

Festivais de inovação e criatividade no Brasil

  1. Campus Party (São Paulo, SP)

Campuseiros de todo mundo, uni-vos! Um dos mais tradicionais eventos de inovação, criatividade e tecnologia é também um dos maiores do mundo. São mais de 70 edições realizadas em 15 países, entre eles o Brasil, onde acontece desde 2008. A Campus Party nasceu na Espanha (em 1997), já rodou o mundo e também muitas cidades Brasileiras. Mas a sua edição principal continua sendo em São Paulo, reunindo cerca de oito mil participantes acampando no evento (sem falar nas outras milhares de pessoas que vão lá diariamente)

Quando: Fevereiro 

  1. Rio2C (Rio de Janeiro, RJ)

Rio2C é o principal festival de inovação hoje da cidade maravilhosa e rapidamente vem se tornando um dos principais do Brasil. Surgido do Rio Content Market, o evento continua sendo uma das maiores referências em lançamentos e produções do setor audio-visual do país, mas também traz excelentes conteúdos em áreas como neurociência, marketing e negócios e indústria da música. Dizem que ele é a resposta carioca ao SXSW. Em 2019, ninguém menos que um dos fundadores do SXSW, Louis Black, esteve lá. 

 Veja nossas impressões sobre a edição 2018.

Quando: Abril 

  1. Gramado Summit (Gramado, RS)

Inspirado no Web Summit, o Gramado Summit é um dos maiores encontros de negócios da região Sul do país. Recebe anualmente milhares de profissionais de startups, marketing, vendas e tecnologia, além de mais de cem palestrantes e empresas em sua Feira de Exposição. É um evento de inovação com perfil mais voltado para o mundo dos negócios e do empreendedorismo, incluindo um foco nas finanças e mercado financeiro. Não esqueça de decorar bem o seu pitch.

Quando: Abril

  1. Subtropikal (Curitiba, PR)

O festival de criatividade urbana é realizado em Curitiba desde 2016 – e em 2019 realizou uma edição em Florianópolis (volta em Janeiro de 2022 pra Ilha da Magia). Ele tem como principal objetivo ocupar a cidade de Curitiba para incentivar cenas locais e buscar um novo olhar sobre o espaço urbano da capital paranaense. O festival se apresenta como uma “plataforma que conecta pessoas, ideias e lugares”. Durante a programação, são realizados workshops, masterclasses, bazar e feiras e conferências. A gastronomia brasileira também é explorada. Veja no nosso review da edição de 2018.

Quando: junho

  1. Hack Town (Santa Rita do Sapucaí, MG)

O Hack Town acontece em uma cidade no interior de Minas Considerada o Vale do Silício brasileiro: Santa Rita do Sapucaí. A cidadezinha, porém, se torna uma gigante para receber o evento. São mais de 600 palestras e workshops que acontecem durante quatro dias. Este festival tem uma proposta semelhante ao SXSW: reunir inovação, tecnologia, empreendedorismo e entretenimento.

Os criadores do festival já nos contaram sobre sua motivação, a escolha do local e muito mais. Confira a entrevista e, também, o nosso review da edição 2017.

Quando: setembro

  1. BS Festival (Porto Alegre, RS)

O BS Festival tem como objetivo de abordar temas relacionados a cultura e inovação de tecnologia e criatividade. O evento tem um foco grande na experiência, planejando formatos e locais de apresentação com uma forte pegada criativa. Ele foi/será (dependendo de quando você ler) um dos primeiros festivais de inovação a voltar a ser realizado presencialmente em 2021.  

Quando: Novembro de 2021 (edição de 2022 a ser confirmada)

  1. RD Summit (Florianópolis, SC)

Considerado – com razão – o maior evento de marketing digital e vendas da América Latina. É uma experiência e tanto participar desse festival, que consegue reunir de forma única um aspecto de pura diversão com outro 100% voltado para negócios. O foco é criar conversas com profissionais das mais diversas áreas de vendas e marketing digital para apresentar novidades e soluções inovadoras do mercado. Na edição 2019, mais de 120 palestrantes participaram dos três dias de evento. Veja nossas impressões sobre a edição 2018.

Quando: Novembro

  1. HSM Expo (São Paulo, SP)

Auto entitulado “o maior evento de gestão da América Latina!” (assim mesmo, com exclamação) é também um dos mais tradicionais do setor, com uma bagagem de 21 anos trazendo para o Brasil medalhões do marketing, da administração e da economia como Philip Kotler, Jack Welch, Amy Cuddy e Ram Charan. Sua próxima edição terá 3 dias de duração e acontece em Dezembro de 2021 em formato híbrido.

Quando: Dezembro de 2021 (edição de 2022 a ser confirmada)

  1. Scream Festival (Salvador, BA)

Salvador Creativity and Media Festival se declara como “o maior evento de criatividade e mídia do Nordeste”, reunindo mais de 10 mil pessoas em suas três primeiras edições. Para a alegria e o axé do mercado publicitário e profissionais das indústrias criativas, o festival volta a acontecer de forma presencial em dezembro de 2021. Representantes de marcas globais, profissionais da comunicação e marketing, celebridades e empreendedores são palestrantes desse festival que tem um quê de Cannes soteropolitano.

Quando: Dezembro de 2021 (edição de 2022 a ser confirmada)

  1. Festival Path (São Paulo, SP)

Inspirado no SXSW, o Festival Path vem se transformando bastante ao longo dos anos. Hoje, mais que um evento, é uma plataforma de conteúdos sobre inovação e criatividade com uma proposta focada em diversidade e sustentabilidade. Documentários, podcasts, estudos autorais e a construção de duas escolas para população ribeirinha no Amazonas são algumas das iniciativas que o Path vem produzindo nos últimos anos. Voa Path!

Quando: 2º semestre de 2022 (data a ser confirmada)

posts relacionados

cápsula

Todas as quartas receba em seu email a newsletter do øclb, lida atualmente por mais de 7.000 pessoas.